Encontro Nacional de Jovens Feministas

Informações e incrições para o II.Encontro Nacional de Jovens Feministas, de 26 a 28 de Maio de 2017, aqui.

O Encontro Nacional de Jovens Feministas é um projeto da REDE de Jovens para a Igualdade, cofinanciado pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género através do Apoio Técnico e Financeiro às ONGDM (artigo 9º do Decreto-Lei 246/98, de 11 de agosto).

Em 2000, demos início ao nosso trabalho junto de jovens individuais, associações juvenis e outros coletivos nas áreas da Igualdade de Género e Direitos Humanos das Mulheres, através do mainstreaming de género na juventude e da representação da perspetiva jovem no movimento associativo de mulheres. Um ano depois, lançámos o Manifesto de Jovens Mulheres Europeias, juntamente com as nossas pares de outros países, no qual expúnhamos as necessidades e os desafios da vida das jovens mulheres no início do milénio. Ainda que muitas das reflexões se mantenham pertinentes e contemporâneas, como os Direitos Sexuais e Reprodutivos e a desigualdade salarial, consideramos que o mundo se complexificou, transformou e mostrou-nos que as conquistas civilizacionais requerem vigilância e uma reflexão sempre renovada. Desta necessidade surgiu em 2016 o Encontro Nacional de Jovens Feministas!

O objetivo é o de proporcionar um espaço de reflexão, debate e networking entre jovens feministas, procurando reunir ativistas, académic@s e interessad@s na área dos feminismos, de diferentes espaços e contextos profissionais, pessoais e políticos, para uma reflexão conjunta sobre o significado dos feminismos para as pessoas jovens hoje em dia. O encontro visa convidar jovens até aos 35 anos de idade que se identifiquem como feministas a produzir pensamento crítico sobre a situação atual da Igualdade de Género em Portugal e sobre a sua conceção feminista e jovem da sociedade. A 1ª edição teve lugar nos dias 16 e 17 de abril de 2016, no Centro de Juventude de Lisboa, em parceria com a e-APEM – Rede de investigador@s emergentes em Estudos sobre as Mulheres e contou com mais de 100 jovens de todo o país. Podem consultar os resultados, aqui.