«Mulheres em minoria no topo dos cargos públicos»

A administração pública central tem um rosto feminino: quase 60 por cento dos mais de 494 mil funcionários dependentes dos diferentes ministérios são mulheres. No entanto, elas estão claramente sub-representadas nos escalões de remuneração mais elevados e nas funções de topo — ocupam não mais de 32 por cento dos cargos de director-geral ou equiparado, revela um estudo do Instituto Nacional da Administração

Notícia completa do PÚBLICO, para ler aqui.

This entry was posted in . Bookmark the permalink.

Leave a Reply